Dicas de Viagem, Europa, Grécia, Hotéis, Viagens Internacionais

GRÉCIA (PARTE III): Conheça Santorini

25 de janeiro de 2016
DSC_0876

Quando se fala nas ilhas gregas, normalmente, a primeira delas que vem à mente é Santorini que, com as suas casinhas brancas e igrejinhas de cúpula azul encarapitadas em uma imensa massa de terra de frente para o Mar Egeu, é cenário de um dos cartões postais mais fascinantes da Grécia e encanta e causa admiração de todos que desembarcam por ali. Estive em Santorini em outubro de 2014 e foi um sonho realizado. A experiência foi além das minhas expectativas, pois a ilha é belíssima!

As suas paisagens cercadas pelo mar azul, as praias de areia preta e um pôr do sol mágico são os ingredientes que contribuem para que a ilha, que compõe as Ilhas Cíclades, seja uma das mais famosas do território grego. Essas características únicas de Santorini remontam à origem da ilha, decorrente da explosão de um vulcão ocorrida há milhares de anos atrás. Tal explosão foi responsável por dividir o que antes era uma única massa de terra e a cratera do vulcão, que ficou destruída, com o passar do tempo foi tomada pela água, o que originou a caldeira avistada do alto da ilha a partir das casas, hotéis, pousadas, lojas e restaurantes de Santorini.

Vista da Caldeira

Devido a essas peculiaridades, Santorini é um destino muito popular entre os casais em lua de mel e um dos mais visitados por milhares de turistas que percorrem a Grécia de cruzeiro ou para quem visita o país vindo de Atenas ou outro destino da Europa, atraídos especialmente pela hipnotizante vista do alto da caldeira da ilha. Porém, se engana que visitar a ilha sem a sua cara metade é sem graça, pois sozinho, acompanhado de amigos ou família, a experiência é extremamente válida e encantadora, embora na hora de partir é impossível não carregar um desejo de retornar à ilha com aquela pessoa especial. Fui com a minha mãe e foi tão gostoso proporcionar essa experiência para ela que, olha, naquele momento não tinha companhia melhor! É claro que ainda tenho vontade de voltar lá acompanhada, mas para quem tá “ímpar” no momento não deixe de viajar para lá por esse motivo.

DSC_0664

Um sonho sentar e tomar café com uma vista dessas

Como  já estava devendo há um tempo um post dedicado à Santorini, vou registrar as dicas que tenho a partir da experiência que tive na ilha.

Como chegar

1) Avião

Como já havia adiantado nesse post, avião é a maneira mais rápida de chegar à Santorini (o vôo dura cerca de 45 minutos) e é o meio mais indicado para quem não tem muito tempo disponível de viagem. As duas companhias aéreas que voam de Atenas para as ilhas são a: Olympic Air e a Aegean Airlines. Já tive a oportunidade de voar com a Aegean Airlines por duas vezes (uma quando fui para Santorini e outra quando fui para Creta) e tive uma boa experiência com a companhia, sem falar que os valores praticados pela empresa, embora mais caros que os valores para fazer o trajeto de ferry ou barco, são razoáveis (na época, comprando com um mês de antecedência paguei 160 €, o equivalente a R$ 491,20 considerando o câmbio na data que comprei, cerca de R$3,07 – Ahh bons tempos quando o euro estava abaixo de R$4,00!!!).

Grécia - Santorini

Casinhas características de Santorini

Só fique atento na hora de comprar as passagens, pois como os vôos normalmente são low cost (baixo valor), em alguns casos, tem que incluir bagagem na hora da compra, já que nem sempre estão incluídos no valor do vôo, resultado: tem que pagar uma taxa extra e para não pesar tanto no bolso a melhor opção é pagar essa taxa no momento da compra da passagem ou do check-in on-line, caso o ticket não tenha bagagem incluída, já que no aeroporto sai bem mais caro (Isso aconteceu comigo na viagem à Ilha de Creta e com mais outros passageiros, comprei a passagem bem barata na empolgação, mas depois da compra percebi que não incluía bagagem nenhuma e tive que pagar mais caro na hora porque não consegui comprar pelo site da empresa).

2) Barco

É uma alternativa mais barata que se deslocar de avião, mas por outro lado a duração da viagem é bem maior, podendo durar até um dia inteiro, motivo pelo qual é uma opção para quem tem mais tempo e não se importa em ficar horas dentro de um barco. Há uma boa oferta de barcos que fazem esse trajeto para Santorini, porém a dificuldade está na oferta dos horários, por isso é sempre bom comprar os tickets com uma certa antecedência. No site da Open Seas é possível checar os horários, as empresas que levam até Santorini (e também para as outras ilhas) e efetuar a compra de passagens (uma amiga fez a compra por esse site recentemente e foi bem tranquilo) e no site da Ferry To também é possível checar preços e comprar tickets. Para quem se interessar pela experiência da ida de barco indico a leitura do relato contido no site Dicas e Turismo Aqui.

Uma das famosas igrejinhas

Melhor época para visitar Santorini

A época ideal seria o verão (entre junho e agosto), não fosse pelo fato de que as ilhas costumam ficar abarrotadas de turistas, principalmente os turistas oriundos de cruzeiros, e os valores de tudo é bem mais salgado, já que é alta temporada.

Oia (Ia)

Oia (Ia)

A baixa temporada, entres os meses de abril e maio (primavera) e setembro e outubro (outono), é a melhor opção para quem quer ficar longe do grande burburinho do alto verão e procura preços mais baixos e clima mais ameno. Evitaria os meses de dezembro, janeiro e fevereiro, no período de inverno, pois além do frio, chove e tem muito lugar na ilha que fica fechado.

Eu fui em outubro e, apesar de ter me deparado com muitos turistas (imagino que nem tantos quanto no verão, mas achei lá bem lotado, principalmente Oia), e ter enfrentado um clima com muito vento no segundo dia de estadia, não choveu, presenciei 2 pôres do sol mágicos e tive uma experiência maravilhosa.

Onde se hospedar

Essa, sem dúvida, é uma das primeiras decisões a serem tomadas quando se decide visitar Santorini. Sabe o porquê? Porque o interessante é se hospedar em um hotel que tem vista para a Caldeira do vulcão da ilha, onde se tem um visual deslumbrante, mesmo que isso signifique pagar um pouco mais, mas a vantagem é poder curtir uma vista incrível o tempo todo.

DSC_0693

A ilha tem vários vilarejos, e o mais famoso com vista para a caldeira é Oía (pronuncia-se Ía), que é um charme só e tem o pôr do sol mais disputado de Santorini. Porém, Oía tem duas desvantagens: fica em uma ponta da ilha, afastada de tudo, e é a região mais cara para se hospedar, tudo lá custa um bocadito mais caro. Além de Oía, Fira, a capital de Santorini, Firostefani e Imerovigli também tem vista para a caldeira. Imerovigli, inclusive, é uma opção bem interessante, pois é a parte mais alta da ilha e por não ser uma parte tão conhecida, normalmente é mais barata.


DICA: Não se deixe enganar pelos anúncios de vista para o mar dos sites dos hotéis em Santorini, pois vista para o mar não necessariamente quer dizer vista para a caldeira.


Após pesquisar sobre qual vilarejo me hospedar, resolvi me hospedar em Firostefani que fica a 10 minutos a pé de Fira. Contudo, na hora de reservar o hotel que me hospedaria nem dei importância para a vista da caldeira sabe? Me preocupei bem mais com o os valores da hospedagem e não dei prioridade a essa questão da vista. Confesso que quando cheguei na ilha me bateu uma vontade de desfrutar da bela vista que Santorini pode oferecer a partir do quarto ou de uma piscina de um hotel com vista privilegiada sabe? Mas, fica para a próxima.

DSC_0680

De qualquer forma, mesmo não dispondo da vista da caldeira a partir do quarto ou da piscina, a experiência que tive no hotel que fiquei hospedada foi maravilhosa, o Reverie Traditional Apartments, pois além de ter excelente localização (bem próxima da caldeira e pertinho de Fira), também conta com um terraço com vista da caldeira. Isso sem falar que o staff do hotel, que é administrado por uma família muito simpática (com destaque para as queridas Nikolina e Adonia) tem acomodações limpas, bonitas e confortáveis, café da manhã delicioso, e um ótimo custo benefício (na época paguei 126€, por duas diárias em um quarto duplo já que estava com mamis). Recomendo muito para quem busca uma hospedagem barata, com conforto e boa localização. No Tripadvisor o Reverie Traditional Apartments tem avaliação excelente (com ótimas reviews) e no Booking tem pontuação 9,3.

Terraço do Hotel que me hospedei

Terraço do Hotel que me hospedei

Deslocamento dentro da Ilha

Do aeroporto para o Hotel e vice-versa

Utilizei o transfer oferecido pelo hotel, mas não me lembro de quanto paguei. Mas, é possível pegar táxi para fazer esse trajeto, e os valores dependerão do local que você estiver hospedado.

 

 

Mapa de Santorini

Mapa de Santorini

Mapa Santorini

Entre os Vilarejos

Independente de onde você ficar hospedado, seja na capital Fira, em Firostefani, Imerovigli ou no distante Oia, recomendo muito o aluguel de um carro para poder visitar as atrações de Santorini. No nosso caso, alugamos um carro compacto ( o Micra da Nissan) em uma locadora indicada pelo próprio hotel e foi uma decisão muito acertada, pois pudemos visitar tudo o que foi possível durante os dois dias que ficamos em Santorini. Na época, paguei 55€ para 02 dias de uso do carro.

Há também a opção de utilizar táxi ou transporte público, mas não testei nenhuma dessas opções para dar algum palpite, porém Aqui tem um relato feito pela blogueira Thatiane Ferrari do blog Zanzemos de como funciona o transporte público em Santorini.

Carro que alugamos

Carro que alugamos


PARA CHEGAR AO ALTO DA ILHA: Quem chega em Santorini pelo porto para subir até o alto da ilha há a opção mais alternativa e característica que é subir no lombo de um burro (o símbolo de Santorini) ou subir de teleférico (cable car) que liga o Porto de Gialo a Fira. Confesso que a utilização dos animais para fazer esse trajeto não me agrada, fiquei com muita dó sabe? Principalmente porque tem alguns que você bem observa que estão machucados e a expressão dos bichinhos é tão triste…Eles sobem carregando as pessoas, com malas, enfim, não curto nem um pouco essa opção.


DSC_0002

Os burros transportando os turistas

Os burros transportando os turistas

Teleférico (Cable Car)

Teleférico (Cable Car)

O que fazer em Santorini

Só o fato de estar na ilha e ter a chance de contemplar a todo momento aquele cenário único que só Santorini oferece já é um atrativo maravilhoso que justifica a visita e garante uma experiência inesquecível. E, uma vez na ilha, importante saber que há três lugares que merecem ser explorados com calma: Fira, OiaImerovigli.

Oia

É o vilarejo mais famoso de Santorini, em especial pelo pôr do sol vislumbrado a partir do seu incrível mirante que proporciona aquela vista estupenda e clássica das casinhas brancas e o moinho. E como Oia é deslumbrante de linda!

Oia durante o pôr do sol vista do seu famoso mirante

Oia durante o pôr do sol vista do seu famoso mirante

Se você não se hospedar por lá, recomendo muito alugar um carro e passar um dia todo em Oia para apreciar as suas lindas paisagens, a arquitetura e a decoração florida das casinhas, até esperar pelo horário de curtir o deslumbrante pôr do sol do vilarejo, que é um espetáculo à parte!

DSC_0799

O famoso moinho de Oia ao fundo

Antes de visitar Santorini eu super sonhava em tirar uma foto com as casinhas brancas e igrejas com cúpula azul, mas com o aglomerado de turistas que a ilha recebe (em especial no verão), principalmente oriundos de cruzeiros e excursões, nem sempre é muito fácil tirar essas fotos, então você tem que ser esperto e ir se acotovelando e ter paciência para tentar um bom ângulo.

DSC_0783

Catedral de Oia

Catedral de Oia


DICA: Para conseguir assistir o pôr do sol no mirante mais disputado de Oia, o “Mirante do Castelo” e conseguir tirar fotos de um ângulo privilegiado, recomendo chegar no mirante com pelo menos 1h30 de antecedência, pois lota demais de fotógrafos profissionais, turistas, todos disputando espaço para conseguir um lugar ao sol. Na ocasião em que fui, eu cheguei com 2 horas de antecedência e consegui um bom lugar (que quase foi tirado por uma outra turista espaçosa, mas consegui ficar no meu lugarzinho) e consegui tirar fotos sensacionais, mesmo não sendo fotógrafa profissional.


Pôr do sol em Oia

Pôr do sol em Oia

Para quem está com um bom condicionamento físico, compensa muito subir até a entrada das igrejinhas, localizadas no alto da montanha, e se deslumbrar com a beleza e simplicidade das mesmas que conseguem ser encantadoras. Inclusive Santorini é um dos destinos para casamento mais desejados do mundo, por isso é muito comum ver uma centena de noivos desfilando por lá, já que são realizados uma infinidade de casamentos nas igrejas da ilhas (são cerca de 250 templos).

Fira

É a capital de Santorini, também conhecida por Thira ou Thera. Fira possui uma parte mais comercial e é o centro de tudo na ilha. É também de onde parte o transporte público para outras partes de Santorini.

DSC_0014

Geralmente, os turistas que visitam Santorini passam rapidamente por Fira e seguem para Oia, o vilarejo mais famoso da ilha. Contudo, Fira também tem seus encantos e é muito atrativa. A oferta de bares, lojinhas e restaurantes é enorme, e caminhar pelas ruazinhas de Fira é um dos programas mais gostosos para se fazer por lá.

Catedral de Fira

Catedral de Fira

É interessante observar que nas lojas localizadas no vilarejo (em especial as inúmeras joalherias que se tem por lá) a crise econômica parece nem existir, já que tudo é vendido a valores bem altos, razão pela qual é melhor deixar as compras de lembrancinhas para outro lugar (em Atenas, por exemplo).


VOCÊ PODE SE INTERESSAR TAMBÉM:

Grécia Parte II – Um passeio por Atenas


DSC_0978

Passar o dia caminhando calmamente pelas ruas de Fira e sentir a atmosfera da região é uma das coisas que não se pode deixar de fazer em Santorini. Sentar em um dos atraentes restaurantes que se localizam às margens de precipícios é também uma boa pedida para o almoço/jantar e, é claro, para curtir o hipnotizante pôr do sol de Santorini que também é sensacional visto a partir de Fira ou Firostefani.

DSC_0055 - Cópia

Pôr do sol em Firostefani: igualmente hipnotizante e mágico

DSC_0711

Imerovigli

Essa vila está localizada ao norte de Fira e talvez por ser menos conhecida é um dos lugares mais tranquilos de Santorini. Para quem busca uma atmosfera mais romântica e quer ficar longe da movimentação de Fira e Oia, Imerovigli é uma boa opção de hospedagem e de passeio, nem que seja por uma tarde, pois o vilarejo também oferece vistas lindíssimas.

DSC_0029

Onde Comer

Infelizmente não me lembro do nome de todos os restaurantes que fiz as minhas refeições em Santorini e esse hábito de não guardar os cartões ou não anotar os nomes está sendo mudado pela minha pessoa e não tenho me esquecido mais de fazer isso nas últimas viagens. Mas, tem um em particular que gostaria de indicar e que por sinal é o único que lembro o nome: o Restaurante Character, localizado em Fira. O lugar tem uma vista maravilhosa (bom, reconheço que praticamente todo lugar em Santorini tem vista de tirar o fôlego e opções de restaurante com essa característica não faltam), atendimento eficiente e comida muito saborosa.

Restaurante que almocei em Fira

Character Restaurante: onde almocei em Fira


DICA: Não saia de Santorini sem experimentar o vinho produzido na ilha, pois uma das vantagens do solo vulcânico da região é o fato de que mais de 35 cinco tipos de uvas diferentes são cultivadas em Santorini. Inclusive, é possível agendar degustações em vinícolas locais. Não visitei nenhuma vinícola, mas tive a oportunidade de conhecer a casa de vinhos Diporto que vende vinhos excelentes, incluindo o famoso Vinsanto que é uma espécie de licor sabe? Eles ainda vendem óleo de oliva, azeitonas (maravilhosas as azeitonas de lá) e umas geleias deliciosas. E para trazer tudo isso? Bom, eles tem um serviço de entrega e comprei vinho, azeitona, geleia, mas uns presentinhos para a família e não precisei trazer nada na bagagem já que ainda iria para outro destino depois de Santorini, já que a loja enviou para meu endereço no Brasil. O serviço é bem confiável viu? Só demorou umas 2 semanas para chegar depois que retornei ao Brasil, mas deu tudo certo! Eles também tem uma lojinha on-line e você pode encomendar os produtos Aqui ou mandar um email diporto33@wines-santorini.com. Em Fira a loja está localizada atrás da Catedral branca.

Tempo de estadia

Após ter passado 02 dias e 02 noites em Santorini, embora tenha aproveitado bastante o tempo que estive na ilha, parti com a sensação que deveria ter separado mais uns 02 dias para ficar por lá, pois infelizmente não consegui fazer um roteiro mais completo com todas as atrações, como por exemplo a visita às ruínas de Akrotiri e o passeio de barco combinado com a visita à cratera do vulcão, o que é mais um motivo para retornar, o que com certeza farei. Além disso, também não consegui visitar as praias de areia vermelha e preta famosas de Santorini (Red Beach, Kamari e Perissa Beach), devido aos ventos fortes que me impediram de curtir as praias no dia que reservei para isso. Assim, recomendo estadia de pelo menos 04 dias para explorar ao máximo de Santorini e, desse modo você terá quatro oportunidades de assistir o famoso pôr do sol em pontos diferentes da ilha.

DSC_0814

Santorini, sem dúvida, é um daqueles lugares já visitados que morro de amores e que voltaria com certeza, não apenas para conhecer as atrações que não visitei anteriormente, mas, especialmente, por ser um lugar mágico que merece bis.

Gostou do post? Tem alguma dúvida ou alguma dica para acrescentar? Deixe seu comentário que ficarei muito contente.

Obrigada pela visita.

Você também pode gostar

3 Comentários

  • Reply Belle Nog 12 de março de 2016 at 15:57

    Aliny excelente post!!
    Eu estou indo á Grécia agora em Abril e estou fazendo diversas pesquisas! Seu post vai me ajudar muiiiiiito!!
    Super bjo e parabénssss!!!

    • Reply Aliny Matos 13 de março de 2016 at 20:44

      Oii Bellee!! Nossa, fico muito feliz em saber disso! Que linda, vc vai amar a Grécia! Eu tenho planos de voltar lá de novo para conhecer o que não tive a oportunidade. Ainda falta escrever sobre Creta, o que precisar de ajuda pode contar comigo ok? Muito obrigada pela visita!;**

  • Reply Ana 25 de janeiro de 2016 at 02:24

    Nossa, adorei!
    Adoraria conhecer este lugar!
    Estas paisagens são belíssimas! Imagine que louco você morar num lugar assim?!!
    Muito boas as dicas!
    Ótimo texto! Bjs!!!

  • Deixe uma Resposta

    @MELEVENAMALA – INSTAGRAM

    • Crocia Dubrovnik Dubrovnik vista do alto no pr do solhellip
    • Crocia Hvar  Fort Spanjola E a Crocia segue sehellip
    • Crocia Hvar Hvar a pronncia  rurr com certeza noshellip
    • Crocia Plitvice Lakes O belssimo Parque Nacional dos Lagos Plivticehellip
    • Turquia Gumbet  Pennsula de Bodrum Tem coisa melhor quehellip
    • Mato Grosso Pantanal  Sesc Baa das Pedras E ahellip
    • Mato Grosso Pantanal Sesc Pantanal To lindo quanto ver ohellip
    • Mato Grosso Pantanal Hotel Sesc Porto Cercado Passando para florirhellip
    • Mato Grosso Pantanal  Hotel Sesc Porto Cercado Tudo ohellip
    • Turquia Blue Lagoon Oludeniz Nesse finzinho de domingo nada melhorhellip
    Por favor, aguarde...

    Assine a nossa newsletter

    Quer ser notificado quando o nosso artigo é publicado? Digite seu endereço de e-mail e nome abaixo para ser o primeiro a saber.